Construí no terreno dos meus sogros. E agora?

  • Home
  • Construí no terreno dos meus sogros. E agora?
Construí no terreno dos meus sogros. E agora?
  • 23 de setembro de 2022

Essa é uma situação bastante comum, que normalmente ocorre no terreno dos pais ou familiares do casal.

‼️ Porém, é algo temporário e sem nenhuma garantia, tendo em vista que caso ocorra o falecimento do proprietário, será necessário regularizar a situação através da abertura de inventário.

E uma situação ainda pior, é quando o relacionamento do casal chega ao fim, iniciando a discussão sobre a propriedade do bem construído no terreno de um terceiro, mas com o comum esforço do casal.

E o que fazer nesses casos?

A Lei prevê que a construção pertence ao proprietário do terreno, entretanto, se realizada de boa-fé, o responsável pela construção terá direito a receber uma indenização.

Lembrando que essa situação precisará ser comprovada, através de notas fiscais, recibos, fotos, testemunhas, entre outros documentos necessários ao convencimento do juiz.

O valor da indenização será calculado com base no valor gasto para a construção do imóvel e o valor de mercado no momento do pagamento da indenização.

Também é possível adquirir esse imóvel, se o valor da construção for consideravelmente superior ao valor do terreno em si, desde que o proprietário esteja de acordo.

Chris Kelen Brandelero
OAB/PR nº 91.055
Advogada de Direito Civil, Família e Sucessões.

Publicações Relacionadas

Pente Fino do INSS: governo quer cortar R$ 10 bilhões na Previdência.

Pente Fino do INSS: governo quer cortar R$ 10 bilhões na Previdência.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) trabalha em um pacote de medidas capaz de gerar uma economia de pelo menos R$ 10 bilhões nos cofres públicos ainda neste ano. Para conseguir isso, o presidente da instituição, Alessandro Stefanutto, afirmou ao jornal O Globo que vão ser analisados os contratos de auxílio-doença, Benefício de Prestação […]

Mais Informações
Gestante tem direito à estabilidade, mesmo em contrato de experiência?

Gestante tem direito à estabilidade, mesmo em contrato de experiência?

É claro que SIM! A gestante tem direito à estabilidade mesmo estando em contrato de experiência. A trabalhadora gestante tem direito à garantia de emprego até 5 meses após o nascimento de seu filho, em alguns casos a estabilidade pode ser ainda maior, pois alguns acordos ou convenções coletivas ampliam este período de estabilidade. Mas […]

Mais Informações
Você sabe como funciona a taxação de importação?

Você sabe como funciona a taxação de importação?

Com o mundo globalizado, o consumo de produtos importados é comum na rotina brasileira. Mas você sabe o que muda na importação após a implantação do programa Remessa Conforme, lançado em agosto deste ano? 1 – Entre pessoas físicas, há isenção de impostos de produtos de até 50 dólares. A partir disso, a alíquota é […]

Mais Informações