Gestante pode ser demitida de seu emprego?

  • Home
  • Gestante pode ser demitida de seu emprego?
Gestante pode ser demitida de seu emprego?
  • 20 de outubro de 2022

A trabalhadora Gestante tem direito a estabilidade no emprego até 5 meses após o nascimento de seu filho, em alguns casos, esta estabilidade pode ser ainda maior, dependendo do acordo ou convenção coletiva, ou ainda, na hipótese da empresa participar do programa “empresa cidadã”.

Essa estabilidade é válida inclusive para os contratos de experiência, ou seja, caso a trabalhadora esteja grávida e encerre o contrato, terá direito a estabilidade.

Importante esclarecer, que mesmo que a trabalhadora e o empregador não saibam da gravidez, e a gestação só venha a ser descoberta depois da demissão, se ficar comprovado que a trabalhadora estava grávida durante o contrato de trabalho, ela terá direito à estabilidade.

Na hipótese da empregada ter ficado grávida no aviso-prévio, ainda que indenizado, também terá direito a estabilidade.

Ainda, se o empregador não quiser reintegrar a trabalhadora (retornar ao trabalho), ela poderá receber o período de estabilidade de forma indenizada.

As hipóteses que permitem a dispensa da trabalhadora gestante, são as de justa causa, ou no caso de contrato de trabalho temporário, nas demais hipóteses, a trabalhadora fará jus a reintegração ou indenização substitutiva.

Se a empregada que já teve seu filho, e já passou pelos 5 meses de estabilidade entrar com ação trabalhista, terá direito apenas a pedir a indenização substitutiva, não cabendo mais o pedido de reintegração.

Você conhece alguma trabalhadora que foi mandada embora grávida? ou que depois de ter sido dispensada descobriu a gravidez? Será que ela sabe destes direitos?

Conteúdo produzido pelo Dr. Luiz Conrado Gehlen.

Publicações Relacionadas

Pente Fino do INSS: governo quer cortar R$ 10 bilhões na Previdência.

Pente Fino do INSS: governo quer cortar R$ 10 bilhões na Previdência.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) trabalha em um pacote de medidas capaz de gerar uma economia de pelo menos R$ 10 bilhões nos cofres públicos ainda neste ano. Para conseguir isso, o presidente da instituição, Alessandro Stefanutto, afirmou ao jornal O Globo que vão ser analisados os contratos de auxílio-doença, Benefício de Prestação […]

Mais Informações
Gestante tem direito à estabilidade, mesmo em contrato de experiência?

Gestante tem direito à estabilidade, mesmo em contrato de experiência?

É claro que SIM! A gestante tem direito à estabilidade mesmo estando em contrato de experiência. A trabalhadora gestante tem direito à garantia de emprego até 5 meses após o nascimento de seu filho, em alguns casos a estabilidade pode ser ainda maior, pois alguns acordos ou convenções coletivas ampliam este período de estabilidade. Mas […]

Mais Informações
Você sabe como funciona a taxação de importação?

Você sabe como funciona a taxação de importação?

Com o mundo globalizado, o consumo de produtos importados é comum na rotina brasileira. Mas você sabe o que muda na importação após a implantação do programa Remessa Conforme, lançado em agosto deste ano? 1 – Entre pessoas físicas, há isenção de impostos de produtos de até 50 dólares. A partir disso, a alíquota é […]

Mais Informações